Clinkids

Impetigo

« VOLTAR

O impetigo é uma infecção muito comum, que afeta a camada mais superficial da pele. Atinge principalmente crianças. O impetigo pode ser causado por 2 tipos de bactérias: Staphylococcus aureus, que acomete crianças de todas as idades, e Streptococcus do grupo A, que ocorre mais comumente em crianças de 3-5 anos.

Esta é uma doença contagiosa?

Sim, o impetigo é altamente contagioso. A infecção se espalha através do contato físico de uma criança com a outra. A pele do adulto é mais resistente. Traumas da pele, tais como um corte ou uma rachadura, facilitam o desenvolvimento da infecção. Roupas e toalhas também podem ajudar a transmitir esta infecção, mas são bem menos importantes que o contato direto.

Como o impetigo é diagnosticado?

Através do exame do paciente por um profissional de saúde. É importante lembrar que nem toda lesão de pele que apresente crostas está infectada, especialmente em adultos. Às vezes, um pequeno fragmento de pele poderá ser enviado ao laboratório para cultura. Este exame possibilita a identificação do agente causador, que poderá, caso necessário, ser testado quanto a sua sensibilidade aos antibióticos.

Quais são os fatores de risco para esta infecção?

Cortes, picadas, machucados, enfim, qualquer tipo de ferimento aumenta o risco de uma pessoa desenvolver impetigo. Ele pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, mas é bem mais comum em crianças. Problemas crônicos de saúde, desnutrição ou higiene inadequada podem fazer com que um adulto torne-se suscetível a esta doença.

Algumas pessoas podem carrear estas bactérias em sua cavidade nasal sem apresentar quaisquer sintomas, podendo desta forma ajudar a disseminar o impetigo.

Quais as possíveis complicações do impetigo?

Em geral o impetigo é uma doença benigna de resolução completa. Porém eventualmente pode ocorrer um tipo de doença renal grave chamada de glomerulonefrite. Além disso, caso não tratada, a infecção pode se espalhar e a bactéria poderá se instalar em outros órgãos, podendo até causar infecção disseminada (sepse).


TRATAMENTO


Antibióticos tomados por via oral durante 7-10 dias geralmente irão resolver totalmente o impetigo. Estes antibióticos incluem os derivados de penicilina, eritromicina, e cefalexina.
O uso de uma pomada à base de mupirocina também é muito seguro e eficaz, podendo ser utilizada em casos mais brandos desta doença.


IMPORTANTE


A prevenção depende de uma boa higiene. Lavar as mãos com freqüência, não usar toalhas ou roupas de outras pessoas, manter as unhas curtas. Estas medidas são simples e reduzem bastante a transmissão desta doença de uma pessoa para outra.

Emergência

CÓDIGO DE
EMERGÊNCIA

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a Sexta
7:00 ás 21:30

Sábados, Domingos
e Feriados
7:00 ás 18:30